Polícia Civil finaliza inquérito sobre homem espancado até a morte e prende mais dois em Itaperuna

A 143ª Delegacia Legal de Itaperuna finalizou o inquérito da morte de Fabiano Paineiras de Castro, de 28 anos, que foi espancado até a morte no sábado (01/06). O crime ocorreu na Rua José Simão, bairro Cehab. Na ocasião, um dos criminosos foi preso. Cinco pessoas foram indiciadas pelo homicídio.  

Nesta terça-feira (18), dois homens foram presos. Por volta das 17h, policiais civis ficaram em vigilância próximos ao local do amarelinho, que havia sido destruído pelas chamas recentemente. Quando o envolvido chegou para finalizar seu trabalho, os civis se aproximaram e deram voz de prisão. 

Em seguida, de posse de outro mandado de prisão, os agentes se deslocaram ao bairro Cehab. O outro homem foi localizado e preso.

Pablo Diniz de Paula, de 20 anos, assassinado a tiros na última sexta-feira (14/06), no bar localizado na Rua Reis Magos, bairro Cehab, é apontado pela polícia por ser outro participante. O quinto indiciado pelo espancamento foi preso no dia que Pablo foi assassinado.

O crime brutal

Visivelmente embriagado, Fabiano procurou a ex-companheira na casa dela e fez ameaças. Estava ocorrendo churrasco na residência do homem, que foi preso no dia crime. A mulher ligou para irmã pedindo ajuda. Nisso, os cinco homens foram ao endereço.

Houve desentendimento e o quinteto começou a agredir Fabiano com socos, chutes e garrafadas. Duas mulheres, desesperadas tentaram impedir as agressões, mas não conseguiram. O homem ainda conseguiu sair da casa, mas foi surpreendido por outro agressor, sendo atingido com golpe de madeira. Por fim, outro criminoso ficou por cima de Fabiano, segurou a cabeça dele e bateu várias vezes contra o meio-fio. A vítima morreu após todo processo de espancamento.  

Por Jorge Luiz

Deixe sua Opinião!

About Jorge Luiz

Editor Chefe do Jornal O Diário do Noroeste, com sede na cidade de Itaperuna/RJ.

View all posts by Jorge Luiz →