Lutador da equipe WCL revela ter lutado com fratura em Macaé

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

O lutador Beto Freitas da equipe WCL revelou, no domingo (17/03), que em sua última luta estava com fratura na costela. Uma foto da radiografia foi compartilhada pelo atleta em sua rede social. Beto subiu no octógono no sábado passado (16). Na ocasião, enfrentou Bruno Mattos na categoria peso leve (66 kg), pelo X Force 9.

Freitas estava vencendo o primeiro round até o minuto final, quando seu adversário conseguiu aplicar uma joelhada no local da contusão. Nisso, Beto caiu e foi golpeado até o árbitro encerra a luta por nocaute técnico. A derrota não abalou o lutador, que demonstrou maturidade após o revés.

“Então galera, gostaria de agradecer a Deus em primeiro lugar. Em segundo, a todos vocês que torceram por mim. Não foi dessa vez, mas muito obrigado de coração. Só lembrando que poucas pessoas sabiam que eu fui lutar com uma das minhas costelas trincadas. Fui lutar por amor ao esporte, mas vou me recuperar e voltar em nome de Jesus. A fé em Deus nos faz crê no incrível, ver o invisível e realizar o impossível. Obrigado a todos pelo carinho e pelas mensagens. Prometo voltar mais forte. Parabéns Lucas pela luta”, declarou Beto.

Beto Freitas ao lado do professor Edmar Kiffer antes da luta

Professor Edmar Kiffer contou que Beto sofreu contusão durante treino realizado na academia.

“O Beto tentou, mas 15 dias é pouco tempo para se recuperar de uma lesão na costela. Mesmo assim ele não quis abrir mão da luta. Ele é guerreiro demais. Pelo fato de se tratar de um evento muito grande, que abre várias possibilidades decidiu lutar. Ele fez bonito e estava levando o primeiro round, mas no finalzinho levou uma joelhada exatamente onde a costela estava trincada. Infelizmente não deu para ele”, explicou Kiffer.

Por Jorge Luiz