A falta de água continua gerado reclamações em Itaperuna, seja nos bairros ou nos distritos. Para uma moradora da Rua Costa Azevedo, bairro Aeroporto, a situação é insuportável. Até a publicação desta reportagem, a água havia caído apenas na última sexta-feira (22). Desde então, o recurso é comprar água mineral e utilizar até mesmo para tomar banho.

“A Cedae já começou com a pouca vergonha. Não temos água para nada nesse calor, não podemos nem tomar um banho direito e para cozinhar estamos tendo que comprar água, que é a mesma água mineral que estamos tendo que tomar banho. Agora imagina o gasto com a água mineral para tudo até para usar no banheiro”, desabafa.

Quem também pede providência encarecidamente é uma moradora de Retiro do Muriaé, distrito de Itaperuna, residente na Rua Coronel Macário, mais conhecida como rua dos “Cachorros”.

“Venho aqui pedir ajuda, pois tem muito tempo que não vai água na minha caixa. Tenho esposo doente, que usa fralda. Enfim, estou aqui pedido uma ajuda para fazer um apelo no seu blog”, solicitou.