Na tarde desta quarta-feira (19), policiais civis da 143ª Delegacia Legal de Itaperuna, coordenados pelo delegado titular, Dr. Filipi Poeys Lima, realizaram operação policial desencadeada por determinação da Secretaria de Polícia Civil na “Operação Divisa”.

Na Rodovia BR-356, próximo ao trevo do distrito de Retiro do Muriaé, os agentes abordaram o condutor de um veículo Fiat modelo Strada de cor branca. Durante verificação da documentação e da nota fiscal dos produtos, que estavam sendo transportados, foi identificada carga de cosméticos, bem como, a origem e destino.

Dando sequência aos trabalhos, os civis foram ao local em que o proprietário do veículo teria feito o carregamento. Nisso, foi identificada uma fábrica clandestina para confecção de rótulos e embalagem de vários cosméticos utilizados em salões de beleza sem a devida licença. No local foi encontrado ainda um galpão com diversos recipientes vazios, galões com produtos semelhantes a shampoo, além de embalagens de cosméticos vencidos.

Na 143ª DP, foi feito contato com a empresa fabricante do produto descrito nos rótulos. Os fabricantes não autorizaram a produção, envasilhamento, rotulação e venda dos produtos.

Por fim, foi solicitada perícia e as partes envolvidas conduzidas a delegacia. Os três homens foram autuados por crime contra a saúde pública, pena de até 15 anos de reclusão, e serão encaminhados para audiência de custódia na cidade de Campos dos Goytacazes.

 

 

Por Jorge Luiz