Uma moradora da Rua Antônio Soares de Macedo, bairro São Francisco, por cima da creche, reclama de falta de água. De acordo com a solicitante, o problema persiste há 20 dias.

“Aqui no morro, quem tem dinheiro para comprar água não fica sem. Hoje mesmo subiu dois caminhões de água, mas eu não tenho condições de comprar. Nem trabalhando estou. Tenho um neto dentro de casa”, desabafou.

Por Jorge Luiz