O presidente do Fundo Único de Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro – Rioprevidência, Sergio Aureliano, anunciou que, suspensa devido à pandemia, a Prova de Vida volta a ser exigida para aposentados e pensionistas do estado a partir de AGOSTO de 2021.

A vacinação dos idosos – maior parte dos segurados – e a atenção a todos os protocolos sanitários foram determinantes para a retomada do procedimento. Além disso, para evitar aglomerações, Aureliano informa que não haverá retroatividade na prova de vida para nascidos nos meses anteriores.

– Ou seja, de agosto em diante, e assim sucessivamente no mês de aniversário do segurado, este deverá comparecer a qualquer agência do Bradesco, entre os dias úteis de 11 a 25 do mês, para realizarem o procedimento, munidos da documentação exigida (RG, CPF e Comprovante de residência) – informou Sergio Aureliano.

Para os beneficiários que possuem cadastro biométrico no Bradesco, a Prova de Vida poderá ser realizada via terminal de auto-atendimento do banco (caixa eletrônico BDN). Para os que não possuem biometria cadastrada, a comprovação de vida será feita de forma PRESENCIAL, no atendimento ao público da agência, como no período anterior à pandemia.

IMPORTANTE: Ainda que o beneficiário possua portabilidade, a Prova de Vida deverá ser realizada no Bradesco. E quem não realizar a Prova de Vida poderá ter o pagamento suspenso até que regularize a situação. 

O presidente do Rioprevidência, Sérgio Aureliano, ressalta que a Prova de Vida tem como objetivo evitar fraudes e promover melhorias na base de dados e na folha de pagamento do funcionalismo estadual. Assim sendo, o procedimento é obrigatório para todos os servidores inativos e pensionistas vinculados ao Rioprevidência, cuja folha de pagamento é gerida pela Secretaria de Estado da Casa Civil.