Em Itaperuna, RJ, as equipes da Vigilância Ambiental em Saúde vem fortalecendo ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika; em bairros de Itaperuna.

Nos últimos dias, equipes estiveram trabalhando nos bairros Niterói, Aeroporto, Loteamento Boa Fortuna, dentre outros, realizando visita domiciliar, vistoria em caixas d’água, colocação de tela (telamento) em caixas, além de trabalhos de conscientização, informação, educação e saúde; e tratamento mecânico, combatendo possíveis criadouros do mosquito; e serviços de desratização.

De acordo com Adriano Rodrigues de Azevedo, coordenador da Vigilância Ambiental em Saúde, as equipes vem ampliando as ações de combate ao mosquito em diversificados pontos do município.

– Nossas equipes vem ampliando as ações em campo, na luta contra o mosquito. É sempre importante lembrar que o nosso trabalho depende do envolvimento de toda a sociedade, que precisa fazer a sua parte, cuidando de seus respectivos quintais, e não acumulando lixo. Também estamos investindo no trabalho de conscientização junto aos munícipes, mostrando como é importante cada um fazer a sua parte. Para vencermos o mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika, precisamos do apoio de todo cidadão – diz o coordenador.

O coordenador ainda reforçou que é de fundamental importância que todos, mantenham seus quintais sempre limpos, eliminando ou guardando longe da chuva, todo objeto que possa acumular água, como pneus velhos, latas, recipientes plásticos, tampas de garrafas, copos descartáveis e até cascas de ovos.

Além disso, o lixo doméstico deve ser acondicionado em sacos plásticos e descartado adequadamente, em depósitos fechados. Para outras informações, solicitação de atendimento específico, dentre outras questões relacionadas ao setor, dirija-se à Vigilância Ambiental em Saúde (Casa Verde), situada na Rua Júlio César, 99, Centro (em cima da Farmacinha do SUS).

O e-mail do setor – cvasitaperuna@gmail.com – é outra forma de contato. Você ainda pode se dirigir à UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua residência e relatar algum problema ao Agente Comunitário de Saúde (ACS), que ele passará a informação à Coordenação da Vigilância Ambiental em Saúde.

DECOM – Itaperuna