A retomada do turismo no Rio de Janeiro, possíveis parcerias para eventos no Estado e o alinhamento de comunicação para uma promoção turística otimizada foram temas da pauta da reunião realizada, nesta terça-feira (29/06), na sede da Embratur. Na ocasião, o secretário de Estado de Turismo, Gustavo Tutuca, foi recebido pelo presidente da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo, Carlos Brito. Participaram ainda, o chefe de Gabinete da Setur, Luciano Muniz, o presidente da TurisRio, Sergio Ricardo de Almeida, o deputado federal Hélio Lopes e o presidente da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), Roberto Nedelciu.

Gustavo Tutuca apresentou as ações que estão em andamento para incentivar a retomada do setor.

– Nós estamos trabalhando muito para termos uma retomada consistente e segura do turismo do estado do Rio de Janeiro, sempre junto com a Embratur e com o Ministério do Turismo. Será uma retomada com muita segurança, planejamento e promoção do turismo do Brasil e do estado do Rio de Janeiro.

Secretaria de Estado de Turismo prepara municípios para a retomada do setor

Lançado em junho de 2020, o portal Turismo Consciente, onde o turista encontra a listagem dos prestadores de serviços que se comprometem a cumprir os dez mandamentos para um turismo seguro, é referência para o viajante. No mesmo site, quem está planejando uma viagem ao Rio de Janeiro verifica as condições sanitárias de cada um dos 92 destinos turísticos do Estado, de acordo com os decretos municipais de cada cidade.

A Setur-RJ também trabalha em projetos para o desenvolvimento do turismo nas 12 regiões turísticas, como o Passaporte do Cicloturismo e o Turismo Rural. Tutuca destaca que, por conta da procura por destinos que ofereçam uma quantidade maior de atrativos ao ar livre, a Setur-RJ/TurisRio se dedicou a roteiros que atendam a essa necessidade.

– A procura por ambientes abertos cresceu muito e o estado do Rio de Janeiro tem potencial para oferecer inúmeras atividades que agradam os visitantes. Estamos assessorando os municípios a criar roteiros que possibilitem experiências novas para os turistas, sempre de acordo com a nova tendência e com a garantia de segurança sanitária – finalizou o secretário.