O deputado federal Christino Áureo (PP-RJ) manifestou apoio ao Projeto de Lei 4369/20, do deputado Zé Silva, que destina recursos dos royalties devidos pela produção de petróleo e gás natural na área do pré-sal para a assistência técnica e extensão rural e determina que a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) tenha direito a uma parcela desses recursos.

Christino afirmou que os extensionistas do Estado do Rio de Janeiro precisam de estrutura e capacitação e que merecem recursos dos royalties do petróleo em favor da agricultura familiar.

Ele lembrou que quando foi Secretário Estadual de Agricultura do Rio de Janeiro utilizou recursos de royalties para a compra de máquinas e equipamentos que formaram as patrulhas do Programa Estradas da Produção, o qual forneceu importante suporte para que a Extensão Rural pudesse chegar mais facilmente aos locais de produção e levar o conhecimento a milhares de agricultores familiares em todo o Estado.

– Destaco a importância da EMATER-Rio para o desenvolvimento dos produtores rurais, homenageando a cada um dos extensionistas. Recentemente, a Emater foi brilhantemente presidida pela Stella Romanos, que hoje é Superintendente Federal de Agricultura no Estado do Rio de Janeiro. Primeira mulher a presidir a EMATER. Esteve sempre me mostrando que toda a demanda dos extensionistas nunca foi por vantagem de natureza pessoal, sempre foi por estrutura, como ter um veículo em condições, ter capacitações e como chegar ao agricultor. Tivemos a felicidade de poder destinar à Anater, que é uma criação conjunta do Congresso e do Fórum de Secretários de Agricultura. Esse relatório da deputada Clarissa vem retirar recursos da União, pois é na União que se concentra a maior parcela de tudo o que é arrecadado no nosso país, inclusive e, principalmente, nas questões dos royalties e participações especiais. Indo em direção daquilo que, juntos, temos discutido há muitos anos: a necessidade de destinação adequada desses recursos para áreas importantes. A extensão rural com certeza é uma daquelas que merecem essa destinação e esse recurso em favor da agricultura familiar do Brasil inteiro – conclui o deputado.