A Prefeitura de Itaperuna, através da Secretaria Municipal de Saúde, vem se estruturando e planejando levar os serviços de pré-natal para os bairros e distritos. O Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PAISM) está realizando capacitação junto a médicos e enfermeiros, visando a descentralização do atendimento, que será efetuado nas UBS (Unidade Básica de Saúde).

De acordo com Itaeci Brum Ruas, coordenadora do PAISM, 50% das equipes já foram capacitadas. “Nós terminamos na última semana a capacitação de 50% da equipe. E realizamos reunião de alinhamento de algumas ações desenvolvidas no pré-natal; e teremos outras ações mais. Precisamos valorizar os profissionais que ficarão na linha de frente nas UBS e esperamos capacitar os 50% restantes da equipe”, comenta a coordenadora.

Elisabete Teixeira da Silva, coordenadora de Atenção Primária à Saúde, explicou que ainda não foi possível iniciar os serviços de pré-natal em todas as unidades. “A UBS São Manoel já realiza o pré-natal! A UBS Carulas deve ser a próxima unidade a realizar. As outras UBS com profissionais capacitados são Aré, Frigorífico, Costa e Silva, Guaritá, Retiro, São Mateus, Venâncio, Carulas, São Francisco, São Manoel; quando os serviços de pré-natal forem começar efetivamente nessas unidades, vamos informar a população”, menciona Elisabete.

A outra fase da capacitação está sendo iniciada e, provavelmente, seja finalizada no mês de agosto, objetivando iniciar em setembro, o atendimento a gestantes nas outras unidades. “Para que possamos realizar o pré-natal de risco habitual nas unidades, precisamos da adesão das mulheres. Entendemos que seja necessário um trabalho de conscientização junto às mulheres e, talvez, esse seja o nosso maior desafio”, finaliza a coordenadora de Atenção Primária à Saúde.

INÍCIO DA CAPACITAÇÃO
Em um primeiro momento, foram distribuídos material teórico, impresso, aos profissionais e realizadas reuniões online com as equipes.

A partir do mês de maio foram realizados encontros para a capacitação prática. O enfermeiro e o médico da UBS participaram da capacitação prática, acompanhando a consulta de um obstetra. Ao final das consultas realizadas eles também participaram de um momento de estudo de caso, analisando e trocando informações sobre as consultas realizadas.

Para a capacitação prática, o Programa Saúde da Mulher tem uma parceria com a Secretaria de Estado de Saúde, com a atenção primária; e ainda conta com o apoio do Dr. Júlio Marco Soutelino Costa. Após o término da capacitação e, consequentemente, com o processo de descentralização concluído, o Programa Saúde da Mulher continuará sendo referência de alto risco; e atendendo as pacientes de baixo risco, que residam em localidades sem a cobertura das unidades básicas.

DECOM – Itaperuna