A Secretaria de Estado de Turismo e a TurisRio participaram, nesta quarta-feira (21/07), do I Seminário Estadual de Turismo Rural e de Aventura, que aconteceu em Maricá, na região da Costa do Sol. O encontro, com o tema “Tendências e Oportunidades no Pós-Pandemia”, aconteceu de forma híbrida, presencial e online, e contou com representantes do turismo de diversos municípios do Estado e da iniciativa privada.

Gustavo Tutuca, secretário de estado de Turismo do Rio de Janeiro, participou do painel de abertura e destacou a importância do atual momento do planejamento da retomada do turismo e o mérito de eventos como o seminário, que debatem o turismo ao ar livre, que vem despontando como a nova vocação do Estado.

– Nós estamos conversando com os municípios e desenvolvendo uma ação importante direcionada ao turismo rural. Trata-se de uma parceria de cooperação técnica entre a Setur-RJ, a TurisRio, a Secretaria de Agricultura e o Instituto de Geografia da Uerj. Já percorremos vinte municípios, fazendo o inventário turístico do turismo rural. O nosso objetivo é percorrer as doze regiões e, ao final, lançar um portal de turismo rural. Isso faz parte do trabalho da secretaria de fortalecimento dos destinos para a retomada. O turismo foi a primeira atividade a paralisar as atividades e, provavelmente, será o último a retomar com plenitude no pós-pandemia. Por conta disso, estamos planejando um trabalho forte de promoção dos destinos do estado do Rio em outros estados. Nesse primeiro momento, vamos captar o turista nacional e acredito que o Rio de Janeiro vai ser protagonista para esses turistas, não só pra capital, mas para o interior.

Pablo Kling, diretor de Marketing da TurisRio, destacou a importância do turismo rural e os benefícios que ele traz para a comunidade.

– O turismo rural neste momento pós-pandemia tem sido um dos segmentos mais procurados e provavelmente um dos que mais vão crescer, justamente por conta das suas características: lugares abertos, contato com a natureza e a valorização do modo de vida rural. O estado do Rio de Janeiro tem potencialidade para esse segmento nos seus 92 municípios. É preciso valorizar e reconhecer cada uma delas.

Valéria Lima, diretora de Gestão e Desenvolvimento da Setur-RJ, fez uma apresentação técnica sobre o turismo rural, em que destacou que o segmento, apesar de ter grande potencialidade no Estado, ainda não conseguiu se fortalecer no RJ.

– O turismo rural faz parte do Plano Diretor do Estado e é de extrema importância, capaz de gerar centenas de empregos e gerar receita para vários municípios. Estamos vivendo um momento de grandes desafios, mas também de oportunidades. A natureza, um forte atrativo do nosso Estado, é a nossa fonte de reaquecimento neste momento. Precisamos trabalhar com afinco o segmento.

O evento foi realizado pela Prefeitura de Maricá e pela Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), com promoção da Federação de Convention &Visitors Bureau do Estado do Rio de Janeiro e apoio da Secretaria de Estado de Turismo, TurisRio, Condetur Costa do Sol, Cieth, ACTA e Maricá C&VB.