Quatro ciclistas, moradores de cidades do Noroeste Fluminense, sairam de Itaperuna com destino a Tombos, MG, na madrugada deste sábado (07). O grupo se concentrou às 5 horas, em frente ao Banco do Brasil, e seguiu para realizar um percurso de 100 km exigido pelo desafio da Maratona dos Cafés, no qual estavam inscritos. Cada atleta totalizou 117,7 km em 8h29.
Representantes do Italva Bike, Israel Pimenta e Aroldo Lima, na sexta-feira anterior (06) pedalaram 41 km em um trajeto feito pela estrada do Feijão Queimado, zona rural de Itaperuna. Os ciclistas Stefania Assis, do Grupo Poeira do Pedal de Itaperuna e Emanuel de Souza, conhecido como o “Menino da 10 de Maio”, se juntaram a dupla para concluir o Desafio. A primeira parada da turma, neste sábado, foi em Natividade, às 8h45 para um rápido café da manhã.
Aroldo e Pimenta já conquistaram diversas medalhas e troféus. A dupla de amigos faz do ciclismo uma prática esportiva constante que inclui as respectivas famílias em momentos de lazer como conta Israel. “Minha esposa é jornalista e adora esportes, principalmente o ciclismo. Ela gosta muito de andar de bike, mas ainda não fez pedal longo. Ela está se acostumando ao uso de marchas então fazemos percursos com rara elevação. Em breve ela estará conosco nesses desafios também. Percorri com ela e minha filha de 10 anos, em um domingo, cerca 12 km e foi o primeiro pedal com equipamentos de minha esposa. O importante é se envolver no ciclismo e incluir a família em nossa paixão esportiva. Neste fim de semana aproveitei que estou na casa do meu sogro, em Itaperuna, para concluir o desafio dos 100 km”, disse o morador de Italva que é Guarda Civil Municipal e esposo da jornalista Lili R. Bustilho Pimenta Cordeiro.
Aroldo Lima, morador de Itaperuna, trabalha embarcado, mas sempre que é possível reserva um tempo para também pedalar com a esposa, a Dra. Carol Alves Meirelles. ” Carol é nutricionista e gosta muito do ciclismo. A busca pela qualidade de vida deve estar associada a prática esportiva e deve ser habitual, pois faz bem para o corpo e a alma porque proporciona alegria e paz, além de ser um ótimo passeio em família. Nossas duas princesinhas são muito pequenas então ainda não as levamos conosco. Mas assim que puderem acredito que vão pedir para ir também. Em breve serão novas integrantes no grupo de pedal”, comenta Aroldo.
A reportagem fez contato com o grupo que às 10h50 estava em Tombos com 65 km percorrido. Eles visitaram a cachoeira do município mineiro antes de retornar a Itaperuna.
Por Lili Bustilho