PEC para blindar Fundo do Idoso de cortes no orçamento estadual do RJ

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
A deputada estadual Rosane Felix (PSD) protocolou na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para incluir o Fundo Estadual de Defesa da Pessoa Idosa (FUNDEPI) entre os fundos que não podem ser remanejados. O objetivo é proteger os recursos destinados às políticas públicas voltadas para a população da terceira idade no Estado do Rio de Janeiro.
A PEC apresentada pela presidente da Comissão dos Assuntos da Criança, do Adolescente e do Idoso na Alerj obteve 35 assinaturas, 11 a mais do que as necessárias para protocolar o texto no legislativo fluminense.
De acordo com a deputada Rosane Felix, atualmente 11 fundos do Poder Executivo estão protegidos, incluindo o Fundo da Infância e Adolescência (FIA). Ou seja, o remanejamento de recursos não se aplica a eles, conforme o artigo 95 da Emenda Constitucional 73, de 2019.
“Nosso objetivo é incluir o Fundo Estadual de Defesa da Pessoa Idosa entre os fundos que não podem ser remanejados. Uma forma de proteger esse importante instrumento para financiar programas e ações para a terceira idade. Precisamos assegurar aos idosos direitos sociais e criar condições para promover a autonomia, integração e participação efetiva na sociedade”, explica a deputada Rosane Felix.