A terceira Igreja em menos de uma semana foi alvo de ação criminosa na Diocese de Campos, sendo a segunda de Campos. Desta vez a ação, que aconteceu na madrugada desta sexta-feira (03/09), foi na Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, que fica no pátio em frente a Igreja São Francisco de Assis, na rua 13 de Maio, no Centro de Campos. De acordo com o pároco Pe. Walas Maciel, a Igreja pertence à Paróquia São Benedito, mas é administrada pela Ordem Terceira de São Francisco da Penitência. “Ele tentou entrar na Igreja, mas como a porta é de madeira maciça e com uma tranca difícil de abrir pelo lado de fora, ele então arrombou a grade da gruta e levou as moedas que os fiéis jogam. O local é onde também são deixadas velas acesas em agradecimento a alguma graça”, disse o Pe. Walas.

Em entrevista nesta manhã a uma emissora de rádio de Campos, o Bispo Diocesano, Dom Roberto Francisco Ferrerìa Paz, falou sobre o arrombamento. “Quiseram também entrar na Igreja, mas não conseguiram. Peço um posicionamento mais claro e definido por parte das autoridades policiais. Estamos à mercê para o que der e vier. Veja é outro atentado, a outra Igreja e a liberdade religiosa”, declarou o bispo Dom Roberto.

História – Igreja situada na rua 13 de Maio, no centro de Campos. Construída em 1771, pelo arquiteto italiano Frei Vitório de Cambiasca, em estilo barroco. A igreja foi erguida no mesmo lugar onde em 1652 havia sido construída a 1ª capela em louvor ao Santíssimo Salvador, a 1ª igreja de Campos. A igreja foi tombada pela Prefeitura de Campos, por decreto, em agosto de 200