Alerj vai discutir deficiência de energia no Noroeste do estado

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

A Comissão de Minas e Energia acatou pedido da deputada estadual Célia Jordão (Patriota) e realizará audiência pública para discutir a deficiência na oferta do fornecimento de serviços de energia elétrica pela Enel nas cidades da região Noroeste do estado.

“Fizemos reuniões com empresários da indústria da pedra e de outros segmentos em Santo Antônio de Pádua, Itaperuna e Laje de Muriaé. São empresários que querem investir na região, mas veem com preocupação a qualidade da energia elétrica fornecida. Entendemos a importância dessa demanda e por isso colocamos a pauta em discussão na Alerj”, ressaltou a deputada.

Em maio deste ano, o prefeito de Santo Antônio de Pádua, Paulo Roberto Pinheiro Pinho (PTB), enviou ofício à deputada informando que representantes da concessionária  constataram que a demanda atual é maior do que a oferta de energia elétrica que chega à subestação local, existindo, portanto, um déficit de energia no município. Além de fábricas, Santo Antônio de Pádua conta com dois polos industriais com potencial para instalação de inúmeras empresas.

Em junho, em reunião com representantes da Empresa de Pesquisa Energética e da Enel, empresários do Grupo de Energia da Firjan Noroeste também já haviam reclamado de oscilações na rede. Na ocasião, a Enel prometeu formar um grupo de análise para resolver o problema.