Dia do Milho: Secretaria de Agricultura avança com o programa Rio Milho no Norte Fluminense

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

O Dia Nacional do Milho, comemorado nesta terça-feira (24 de maio), incentiva o cultivo, consumo e produção de um dos cereais mais nutritivos do mundo: o milho. A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento evidencia o programa Rio Milho, que tem como objetivo criar um cinturão de milho no Norte e Noroeste Fluminense, revolucionando o agronegócio do estado.

Com intuito de realçar a cultura do milho seco no estado do Rio de Janeiro e beneficiar os agricultores familiares, a empresa vinculada à Secretaria de Agricultura, a Pesagro-Rio, surge como uma proposta de avaliação ao desenvolvimento e a integração dessa cadeia produtiva atendendo diferentes demandas econômicas e ambientais locais, lançando o programa Rio Milho.

– O nosso estado possui um grande potencial para o plantio de grãos na região Norte, este projeto está trazendo além de tecnologia para o campo, novas variedades de plantio do milho, fazendo com que o produtor passe a ter uma produção de milho, com alta produtividade e lucratividade. Essa parceria com a Pesagro-Rio é de extrema importância para fortalecer cada vez mais o trabalho do campo – ressalta o secretário de Agricultura, Alex Grillo.

Para o presidente da Pesagro-Rio, Paulo Renato Marques, as oportunidades que estão sendo criadas com o programa vão muito além do cultivo do grão.

– O Rio de Janeiro é o segundo maior mercado consumidor do país, mas pelas características geográficas e topográficas do nosso estado, somos essencialmente importadores. A saída para fortalecer o agronegócio fluminense é investir em tecnologia, em produtos de alto valor agregado e em soluções criativas como o Rio Milho, que vai alavancar toda a cadeia produtiva do setor – destaca o presidente.

O Rio Milho já está em andamento e é fruto de uma parceria da Pesagro-Rio com a Prefeitura de Quissamã, que apoiou os trabalhos com a cessão de 15 hectares para a implementação do programa no Horto Municipal, além da parceria na supervisão e acompanhamento técnico de 240 hectares no município.

O projeto piloto do Rio Milho vem rendendo resultados satisfatórios em Quissamã. No mês de março, uma colheita foi realizada no Horto Municipal. Do total da colheita das variedades IPR 164, BRS Caimbé e AL Bandeirante foram entregues à Pesagro 80 sacas de 40 kg para secagem, ajuste do teor de umidade, classificação, padronização e correta estocagem. Esta ação coloca Quissamã em posição de destaque como central do Programa Piloto do Rio Milho.