Alerj vota projeto de lei para melhorar auxílio transporte dos servidores da UENF

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Servidores da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF) poderão ter o valor do auxílio transporte reajustado anualmente com base na inflação. É o que defende o vice-presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), deputado Jair Bittencourt (PL), através do Projeto de Lei 5857/2022, de sua autoria, que será votado nesta terça-feira (07/06), em discussão única.

Atualmente, o valor do auxílio transporte, depositado em contracheque, é calculado a partir da diferença entre os gastos do servidor e o desconto de 6% (parcela do servidor), tomando por base 22 dias úteis. O Projeto de Lei suprime esse cálculo, definindo que o valor do vale será corrigido anualmente pela inflação.

A norma altera a Lei 4.800/06, que criou o Plano de Cargos, Carreiras e Salários da UENF. “Os servidores estão há 16 anos buscando melhorias na concessão do auxílio transporte. A mudança é mais do que urgente porque o custo de vida só aumentou ao longo do tempo, então é questão de justiça que o valor seja reajustado todo ano com base na inflação do período”, defende o deputado Jair Bittencourt, que assina o PL junto com os deputados André Ceciliano (PT) e Rodrigo Amorim (PTB).