Itaperuna registra o maior saldo de empregos do Noroeste em abril, aponta Firjan

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Com 154 oportunidades abertas, Itaperuna foi o município do Noroeste Fluminense que mais abriu novas vagas de emprego em abril. Os dados são da plataforma Retratos Regionais da Firjan, realizada com base nos números do Caged. Santo Antônio de Pádua (+38) e Bom Jesus do Itabapoana (+32) vêm logo em seguida, neste que foi o terceiro mês consecutivo de alta na região.

“Apesar das dificuldades com insumos provocadas por fatores externos, a região segue correspondendo às expectativas positivas. Em Itaperuna, por exemplo, tivemos saldo positivo em quase todos os grandes setores, o que demonstra que a retomada vem sendo substancial, e não focada apenas em algumas áreas”, destacou o presidente da Firjan Noroeste Fluminense, José Magno Vargas Hoffmann.

Nos últimos 12 meses, apenas em dezembro do ano passado e em janeiro deste ano a região registrou saldo negativo – por conta dos movimentos cíclicos de contratação temporária de fim de ano, segundo especialistas da Firjan. Em Itaperuna, os maiores contratantes em abril foram Comércio (+65), Serviços (+59) e Indústria e Construção (+30). Entre os grandes segmentos, “Serviços industriais de utilidade pública” são o destaque (+97).

Em Santo Antônio de Pádua, o grande setor de Serviços foi o que mais abriu novas oportunidades (+44), seguido de Comércio (+14) – principalmente por conta do Comércio Varejista (+10). Já em Bom Jesus do Itabapoana, o destaque é “Indústria e Construção” (+13), em especial no ramo de Construção (+9). Em abril, apenas Laje do Muriaé (-4), Itaocara (-10) e Porciúncula (-13) tiveram saldo negativo.

Norte Fluminense

Com 1.093 vagas abertas, Campos registrou em abril o terceiro melhor saldo do estado do Rio – e o melhor índice no município desde maio do ano passado. O Norte Fluminense ainda é representado novamente por Macaé na quinta colocação do ranking estadual – neste que foi o 20º mês consecutivo de saldo positivo de emprego no município.

Depois registrar saldo negativo em março, Campos se recuperou: apenas Rio de Janeiro e Niterói abriram mais oportunidades em abril. Os maiores responsáveis foram “Serviços” (+557) e “Indústria e Construção” (+400) – e, entre os segmentos, Alimentação (+261) e Educação (+155) foram os maiores contratantes. No quadrimestre, o município acumula um saldo positivo de 1.099 vagas abertas.

Já Macaé teve em abril 970 novas vagas, com grande destaque para a “Indústria e Construção” (+515), seguido do “Comércio” (+255). Entre os segmentos, o “Comércio varejista” foi o maior contratante (+210). Foi o segundo melhor saldo deste ano na cidade – e o terceiro maior no estado neste ano (+2,6 mil). A última vez que Macaé registrou saldo negativo de empregos foi em agosto de 2020, quando o mundo vivia o auge da pandemia. São João da Barra, por sua vez, foi a terceira maior contratante, principalmente por conta da “Indústria e Construção” (+234). O município é, ainda, um dos que abriu mais vagas neste ano do que em todo o ano passado (+597 até abril, frente a +146 em 2021).

Estado do Rio é destaque nacional

Em abril, o estado do Rio abriu 22.403 novos postos de trabalho formais e todos os grandes setores apresentaram saldo positivo no mês. Com esse desempenho, o mercado de trabalho formal fluminense apresentou o segundo maior saldo de contratações do país no mês, atrás apenas de São Paulo. O setor de Serviços (+14.865) foi o que mais abriu vagas, seguido por Indústria e Construção (+5.774), Comércio (+1.618) e Agropecuária (+146).

No setor de Serviços, o segmento de Alimentação (+2.879) liderou as contratações em abril, especialmente no ramo de Restaurantes e Outros Estabelecimentos de Serviços de Alimentação e Bebidas. No setor industrial, a Construção Civil (+2.935) manteve patamar elevado de contratações e os Serviços Industriais de Utilidade Pública (+1.033) também se destacaram, principalmente por conta do segmento de Captação, Tratamento e Distribuição de Água e Coleta de Resíduos Não-Perigosos.

Plataforma Retratos Regionais

A plataforma Retratos Regionais da Firjan tem como base o saldo de empregos formais disponibilizados no Caged. Em painel setorial são disponibilizados dados específicos dos setores industriais. Em painel regional, que também permite a busca por município, é apresentado o cenário geral de empregos, incluindo todos os grandes setores. A plataforma pode ser acessada através deste link: www.firjan.com.br/retratosregionais